Théorie de l’indiscernable / Teoria do indiscernível

    João Maria Gusmão + Pedro Paiva

    • Publicação n°4.
    • Livreto de 56 páginas; formato 13 x 21 cm; capa mole; cosido.
    • Tradução original do português para francês ("Teoria do indiscernível", texto original publicado no vol. "Abissologia - Teoria do Indiscernível", Lisboa - 2012). Edição bilíngue francês-português.
    • Publicação: 3 de março 2018 (impresso, 315 ex. + 45 ex. F.C.); 3 de setembro de 2018 (digital).
    • Preço: 7€ (impresso); gratuito (pdf).
    • ISBN : 979-10-97450-02-1

    João Maria Gusmão (Lisboa, 1979) e Pedro Paiva (Lisboa, 1978) colaboram desde 2001 na criação de objetos, instalações, filmes de 16 e 35mm, e também em projetos editoriais.

    A dupla  de artistas participou em várias bienais internacionais: em 2006, na 27ª Bienal de São Paulo (Brasil); em 2007, na 6ª Bienal Mercosul, Porto Alegre (Brasil); em 2008, na Manifesta 7 (Itália); em 2009 representaram Portugal na 53ª Bienal de Veneza; em 2010 na 8ª Bienal de Gwangju (Coreia do Sul) e em 2013 participaram na exposição central 55ª Bienal de Veneza (Itália).

    Das exposição individuais recentes destacam-se: em 2016, “The Sleeping  Eskimo”, Kunsthaus Aarau, (Suiça); 2014/15, “Papagaio”, no HangarBicocca (Milão), Camden Arts Centre (Londres) e no KW Berlim ; em 2011, “Alien Theory”, no Frac Île-de-France, Le Plateau (Paris), “There’s nothing more to tell because this is small, as is every fecundation”, no Museo Marino Marini (Florença) e “Tem gwef tem gwef dr rr rr” no Kunsthalle Dusseldorf; em 2010, “On the Movement of the Fried Egg and Other Astronomical Bodies”, no Ikon Gallery (Birmingham); em 2008, “Horizonte de Acontecimientos”  PHotoEspaña (Madrid); e a exposição “Abissologia: para uma ciência transitória do indiscernível”, na Cordoaria Nacional, em colaboração da ZDB com a Câmara Municipal de Lisboa.
    (Cf. BoCa).

    A edição impressa deste livro foi tirada a 350 exemplares (incluindo 35 fora do comercio), numerados de 1 a 350 ex. Apresenta-se sob a forma dum só caderno, sem lombada, cosido a máquina Singer. É ornada em frontispício de Jonah Thrown to the Whale, gravura de Hans Sebald Beham (1500-1550), e duma reprodução em preto e branco de Ventriloquism, obra dos autores. O livro foi acabado de compor (em caracteres Adobe Caslon, Modula ot, Mrs Eaves, Essonnes, Arno pro, e Im Fell double Pica) numa casa ribeirinha do Tejo, e de imprimir, em offset digital, na cidade branca, pela Gráfica Guide, sobre o papel Munken Pure 100g para o miolo, e um Arjowiggins Pop’ Set Sky Blue 240g para a capa, o dia 2 de março dois mil e dezoito. Isto constituindo a primeira tiragem. A editora sinceramente agradece pelas sua participação: Natxo Checa, a galeria Zé dos Bois, Nuno Faria, Frédéric Duarte, Ana Leão (Antalis), Xenon Cruz, Catarina Santos, Carlos Godinho e Mariana Ferreira.
    O livro foi lançado o dia 3 de março 2018 às 18h, na galeria Zé Dos Bois (Rua da Barroca, 59, Lisboa), com uma serigrafia original de Catarina Santos especialmente criada pela publicação do livro, e tirada a 50 exemplares.

    Pode encomendar-se, ver-se e comprar-se nas nossas moradias habituais.
    Pode também comprar-se:

    Portugal:
    na Livraria Letra Livre, Calçada do Combro n°139, 1200-012, Lisboa.
    na Livraria Linha de Sombra, (na Cinemateca Portuguesa), rua Barata Salgueiro n°39, 1250-042, Lisboa.
    na Livraria Leituria, rua Dona Estefânia n°123A, 1000-153, Lisboa.
    na Livraria Distopia, rua de São Bento 394, 1200-822, Lisboa.
    na Livraria Tigre de Papel, rua de Arroios n°25, 1150-053, Lisboa.
    na Livraria da Galeria Zé dos Bois, rua da Barroca n°57, 1200-049, Lisboa.
    na Livraria Paralelo W, rua  dos Correeiros n°60, 1°esq, 1100-166, Lisboa.
    na Nouvelle Librairie Française, rua Pinheiro Chagas 50B, 1050-179, Lisboa.
    na Livraria Ler Devagar, na LX Factory, rua Rodrigues Faria, n°103-G 0.3, 1300-501, Lisboa.
    na Livraria da Cossoul (Snob), na Cossoul, av. Dom Carlos I 61, 1200-647, Lisboa.
    na Livraria Poetria, rua das Oliveiras n°72, 4050-448, Porto.
    na Matéria Prima, rua Miguel Bombarda n°127, 4050-381, Porto.
    na Livraria Gato Vadio, rua do Rosário n°281, 4050-522, Porto.
    na Livraria Flâneur, rua de Fernandes Costa n°88, 4100-240, Porto.
    na Livraria Inc., rua de Santo Ildefonso n°25, 4000-468, Porto.

    Genebra (Suiça):
    na Librairie Le Rameau d’Or, boulevard Georges-Favon n°17, 1204 Genève.
    na Librairie Le Parnasse, rue de la Terrassière n°6, 1207 Genève.
    na Librairie du Boulevard, rue de Carouge n°34, 1204 Genève.
    na Librairie Oraibi+Beckbooks, rue des Vieux-Grenadiers n°10, 1205 Genève.

    Paris:
    na Librairie Chandeigne, rue des Fossés Saint-Jacques n°21, 75005 Paris.
    na Librairie Tschann, 125, boulevard du Montparnasse, 75006, Paris.
    na Librairie Volume, rue Notre Dame de Nazareth n°47, 75003, Paris.
    na Librairie Petite Égypte, rue des Petits Carreaux n°35, 75002, Paris.
    na Librairie Michèle Ignazi, rue de Jouy n°17, 75004, Paris.
    na Librairie Yvon Lambert, rue des Filles du Calvaire n°14, 75003, Paris.
    the Librairie After 8 Books, Passage du Ponceau n°31, 75002, Paris.

    NA IMPRENSA:
    – João Seguro para a Revista Contemporânea (04/2018).

    O cartaz para o lançamento foi criado por Catarina Santos (em baixo 12mb; ficheiro 26mb).

    Creative Commons License